Suicídios aumentaram 32% na pandemia

Não dá pra esperar setembro para falarmos de suicídio. A pandemia potencializou os transtornos mentais e o SAMU tem recebido mais ocorrências de atendimento a atos suicidas.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), cerca de 800 mil pessoas anualmente em todo o mundo cometem suicídio. Porém, durante o ano de 2020, provavelmente esse número será maior nas estatísticas. Uma pesquisa realizada em Michigan divulgado pelo Pine Rest Christian Mental Health Services nos Estados Unidos, relatou que o suicídio aumentou em 32% durante a quarentena por causa da pandemia mundial causada pela Covid-19. Os profissionais da linha de frente inclusive tem sido mais afetados em razão dos transtornos de estresse pós traumático. Em um mesmo dia chamou a atenção na Itália o suicídio de duas enfermeiras que atuavam como profissionais de saúde na Itáliano Hospital San Geraldo Di Monza, o estresse, o cansaço devastaram-nas e levaram-nas a tirarem suas próprias vidas.


É importante ficarmos atentos aos sinais para prevenção e não interpretar como chantagem emocional frases como "quero desaparecer", "quero morrer", “vou deixar vocês em paz”, “eu queria poder dormir e nunca mais acordar”, “é inútil tentar fazer algo para mudar, eu só quero me matar”.


Falar, dialogar é a melhor maneira de salvar vidas, a forma de mostrar-se estar por perto mesmo através de mensagens é de grande importância para o outro, é como dar esperança de dias melhores. Se você passa por isso, além de procurar auxílio profissional, ligue para 188, faça sua comida preferida, tire um cochilo, ligue para alguém que goste, converse com quem sabe de você e entende quem você é, converse com quem te ama, não passe por isso sozinho.



30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

O amor é aprendido

O amor é um aprendizado, é dado e ensinado. Fiz uma analogia da educação escolar com a educação familiar para explicar os ensinamentos de amor, em 2012. Sobre o amor O amor Como descrever o sentimento

©  2020

Av. Cristiano Machado 1682 sala 1001 - Cidade Nova.

Belo Horizonte, MG  31170-024

  • Facebook
  • Instagram

psicologabh

 

psicologabh